Certificações de tecidos – STANDARD 100 by OEKO-TEX®

Scroll down to content

Certificações dos artigos têxteis – você sabe quais tecidos as empresas que você consome, ou a sua própria empresa, tem utilizado pra produção das roupas, acessórios ou decoração?!

A certificação STANDARD 100 by OEKO-TEX® é consistente no mundo todo – e representa um sistema de certificação independente de produtos têxteis semi acabados, acabados e crus em todos os seus processos – além de materiais utilizados na produção.

Esse selo leva em consideração:

Regulamentações legais importantes, como colorantes Azo banidos, níquel, formaldeído, pentaclorofenol, cádmio, etc;

Químicos nocivos;

Requisitos dos anexos XVII e XIV da regulamentação Européia de Substâncias Químicas, assim como da lista da ECHA SVHC, quando avaliados por grupos representados da Associação OEKO-TEX como relevantes nas análises de tecidos, têxteis, vestuário ou acessórios. As discussões e desenvolvimentos que são considerados relevantes são levados em consideração através de atualizações dos requisitos do STANDARD 100 by OEKO-TEX;

Requerimentos da CPSIA (Consumer Product Safety Improvement Act);

Outras classes de substâncias relevantes para o meio ambiente. 

Com a experiência, a associação contribui para uma alta segurança para o consumidor desses itens. Os testes e limites atribuídos em muitos casos vão além dos padrões nacionais e internacionais aplicados normalmente. As visitas recorrentes e checagem dos produtos faz com que as indústrias tenham consciência do uso responsável de materiais químicos, e com isso a OEKO-TEX® Standard 100 tem representado um papel pioneiro por muitos anos nesse ramo.

Os testes realizados pela OEKO-TEX® são fundamentados no propósito dos tecidos e materiais respectivos, e leva em consideração também o uso de cada um: se tem mais contato com a pele, a necessidade restrita de requisitos humanos/ecológicos que necessitam estar de acordo com os padrões de uso. Assim, os produtos dessa certificação estão divididos em 4 classes:

Classe I – Artigos para bebes e crianças até 3 anos de idade (roupas íntimas, roupas, roupa de cama, etc).

Classe II – Artigos usados próximos á pele (roupas, roupa íntima, roupa de cama, meias, etc).

Classe III – Artigos usados “longe da pele” (jaquetas, casacos, etc).

Classe IV – Artigos de decoração e móveis (cortinas, toalhas de mesa, tapetes, etc).

Essa é uma das certificações que os tecidos e artigos podem ter – e empresas que são regulamentadas e controladas por esses tipos de órgãos normalmente possuem cadeias de produção mais confiáveis falando em desenvolvimento sustentável.

A @amendoaclothing utiliza tecidos também nessa variação de certificação de algodão. A marca tem um cuidado em cima da escolha dos fornecedores brasileiros que atendem a requisitos de sustentabilidade em seus processos – e essa certificação faz parte do portfólio de um dos materiais escolhidos.

 

Fonte: https://www.oeko-tex.com/en/business/certifications_and_services/ots_100/ots_100_start.xhtml

One Reply to “Certificações de tecidos – STANDARD 100 by OEKO-TEX®”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: